Metas 2019

Mais um ano começa, e eu acho importantíssimo a definição e o registro de metas, de objetivos, de definição de prioridades para nortearmos nossos dias e darmos importância para as coisas realmente importantes. Começo então o primeiro post do ano de 2019 compartilhando as minhas metas com vocês, além do que acredito ser necessário para atingi-las. São as minhas metas pessoais, pois o que se refere à minha vida profissional está andando em paralelo com o que vocês verão aqui.

1. Cuidar de Mim

2018 foi sem dúvida o ano em que mais me conheci, me entendi, me amei, me cuidei, e isso refletiu em todas as outras áreas da minha vida! Quero seguir cuidando de mim, interna e externamente, e considero algumas ações importantes para manter minha auto estima, meu bem estar e minha saúde em dia.

  • Limitar uso de eletrônicos – essa meta sempre aparece em minhas listas, por um tempo cumpro e depois ela se perde. Então ela está no topo da lista, porque entendo que as redes sociais ocupam muito tempo no dia a dia das pessoas em geral, o que não é diferente comigo! A minha meta é só começar a usar o celular depois que tiver despertado de verdade, depois de iniciar o meu dia, e não ser a primeira coisa que faço quando abro os olhos, que é o que normalmente acontece! A noite, a partir das 20h quero estar desconectada, com exceções para temas apenas profissionais.
  • Praticar exercícios Físicos ao menos 5 x na semana – é um hábito que já desenvolvi, e quero manter nas minhas metas para que ele não se perca no meio do caminho.
  • Cuidar do meu intestino – sempre tive um intestino bem sensível, estufamento abdominal, muitos gases, o que melhorou muito depois que mudei a minha alimentação. Mas ainda assim tenho muitos incômodos intestinais e abdominais, e quero tratar disso com um médico especialista.
  • Retomar a prática de exercícios hipopressivos – Depois que emagreci a minha diástase ficou ainda mais evidente, e os exercícios hipopressivos me ajudam muito!!!! Estou há alguns meses sem praticar e quero retomar assim que minha fisioterapeuta voltar a atender.
  • Operar hérnia epigástrica – já fiz essa cirurgia há uns 2 anos e meio, mas a médica não fez um bom trabalho e ela está aqui de novo. Me incomoda MUITO! De primeiro momento gostaria de fazer também uma cirurgia plástica estética na barriga, para fechar de vez a diástase e resolver a flacidez que ficou. Mas antes tratarei do intestino e retomarei os exercícios hipopressivos, para avaliar a real necessidade.
  • Cuidar dos meus cabelos – nos últimos meses o meu cabelo anda muito fraco, ralo e caindo bastante. Tomei algumas ações que já trouxeram bons resultados, mas quero cuidar disso e entender qual a melhor e mais natural maneira de tratar essa questão.
  • Viajar sozinha – uma das melhores e mais incríveis experiências que vivi em 2018 foi ter viajado sozinha para Londres. Estar em minha companhia foi maravilhoso, e quero repetir essa experiência. Não precisa ser uma viagem como essa que fiz, mas quero novamente uns dias off, para estar comigo e mais ninguém.

2. Não procrastinar

  • Algumas tarefas simples no meu dia a dia são comumente postergadas, e percebo que quando elas não são feitas causam um impacto negativo no meu dia – mau humor, ansiedade, frustração. Essa é a listinha do que não quero deixar pra depois, pois são coisas rápidas e simples de serem feitas, se não acumularem.
  • Arrumar a cama – por um período consegui manter o hábito de arrumar a cama todos os dias de manhã. Por algum motivo o hábito se perdeu, e o simples fato de ter as camas arrumadas muda totalmente o meu dia!
  • Roupas – eu não gosto de recolher, dobrar e guardar roupas. É uma tarefa bem chata pra mim, mas assisti ontem um programa na TV que me fez ver essa tarefa com outros olhos, onde as nossas roupas são motivos de gratidão e um cuidado com nós mesmos! Consegui nos últimos meses encaixar a tarefa de lavar as roupas em um dia fixo na semana, mas depois que lavo a tarefa seguinte fica sempre para depois. Não quero mais deixar isso acontecer. Ver pilhas de roupas para serem recolhidos, passadas ou guardadas me deixa extremamente frustrada!
  • Compras – eu volto com as compras do mercado, da feira, do hortifruti, e o que não é perecível muitas vezes passa semanas em cima do balcão da cozinha, sem ser guardado. Não dá. É uma tarefa simples, que de verdade eu não entendo porque fico “empurrando com a barriga”.
  • Atividades recorrentes – tenho uma listinha de atividades recorrentes, mas que muitas vezes deixo pra lá, porque não são urgentes, mas precisam ser feitas com frequência. Só que o problema é que quando postergo, em algum momento elas se tornam urgentes, e aí isso me afeta de forma negativa. Se eu fiz a lista é para que ela seja cumprida. E ela será!

Limitar despesas mensais

Eu não sou uma doida consumista, mas não cuidei das minhas finanças pessoais com detalhes nesse ano que passou. Nesse ano quero mudar essa situação, ter uma visão mais detalhada e clara dos meus gastos, e para isso defini duas ações:

  • Atualizar planilha financeira semanalmente
  • Juntar o dinheiro para depois comprar – como disse, não sou super consumista, mas as compras em cartão de crédito acabam fazendo com que a gente gaste mais do que deveríamos em alguns momentos. Como quero colocar essa questão nos eixos esse ano, quero ser bem consciente em relação a isso.

3. Cuidar das Minhas Relações Pessoais

  • Filhos – um dia desses saí sozinha com o Luli, e me dei conta de que tenho poucos momentos a sós com ele, dando prioridade aos momentos a sós com a Nina. Além de querer estar conectada a eles nos momentos em que estivermos juntos para isso, quero muito dedicar um tempo exclusivo a cada um, o que dá a oportunidade do pai fazer o mesmo.
  • Marido – até meados do ano consegui cuidar da minha relação conjugal bem. Marcamos encontros, tivemos tempos a sós, mas no segundo semestre isso se perdeu. Muito por conta de viagens, trabalho, e o desgaste da rotina. Quero muito estar mais conectada ao meu marido em 2019.
  • Família – criar momentos com minha irmã, meus pais, meus sogros, minha avó, minhas tias. Tanto a sós como em família. Uma das minhas metas é comemorar datas festivas na minha casa, pois acredito muito que tenho uma missão de unir minha família.
  • Amigos – cultivar com encontros, viagens e mensagens a amizade com pessoas importantes. A minha meta é fazer a listinha de quem são essas pessoas importantes em minha vida e definir de que forma vou estar presente na vida delas.

4. Desenvolver/Manter Hábitos Sustentáveis

Tenho me preocupado cada vez mais com o meu papel no mundo e com o mundo que vou deixar para os meus filhos. Para isso, sem entrar em detalhes do porque de cada item, listei ações que considero importantes para isso.

  • Reduzir o consumo de carne – a partir de hoje estou aderindo ao movimento da segunda sem carne.
  • Reduzir a geração de lixo
  • Aumentar o consumo de orgânicos
  • Juntar cápsulas de café para reciclagem – consumimos muito nespresso e dolce gusto em casa e já pesquisamos em como fazer o descarte correto dessas cápsulas.
  • Andar mais a pé e de transporte público

Vejam que são 4 grandes metas, e cada uma envolve diversas ações, que vão demandar disciplina, comprometimento e organização para serem cumpridas. Mas começo de ano é isso não? Renovação, esperança e a expectativa de tirar o papel o desejo de um ano incrível!!!!

Um lindo 2019 para todos!!!

Beijos – Mari

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.