Como Aliviar o Desconforto do Nascimento dos Dentes

Não há comprovações científicas que garantam que determinados desconfortos estão associados com o nascimento dos dentes em bebês, mas é fato que para boa parte das crianças, seja coincidência ou não, os dentes começam a rasgar e chega a febre, a coriza, a tosse, a diarreia, as noites mal dormidas, de forma isolada, ou em uma avalanche. Então, no post de hoje, reuni algumas dicas de como aliviar o desconforto do nascimento dos dentes.

Luleco aos 8 meses, pelas lentes de Karim Scharf, quando de repente 4 dentes surgiram!!!! Dois meses antes os primeiros incômodos começaram a aparecer.

Por aqui, e com boa parte das minhas amigas mamães, os principais sintomas quando os dentes estão para chegar são muita baba, gengiva inchada, bebês irritados, apetite reduzido, sono leve e agitado.

E gente, vamos imaginar, isso deve ser realmente um desconforto absurdo! Imaginem algo rasgando a sua gengiva, que está ali, íntegra, sem o uso de qualquer anestesia. Se um pequeno ferimento, um machucadinho que fazemos ao bater a escova sem querer já nos deixa hiper desconfortáveis, imaginem um bebê, que nem conseguir expressar suas emoções com palavras consegue. Então, realmente é um período que requer paciência da parte dos pais e/ou cuidadores.

Para aliviar esses desconfortos, o primeiro ponto é ter certeza que são dentes mesmo chegando, e não sintomas de uma possível infecção viral ou bacteriana, que deveria ser tratada como tal. A gengiva muda a aparência, fica avermelhada, inchada, e esse sintomas podem vir associados uns aos outros ou não.

Muita gente faz o uso de pomadinhas específicas, eu mesma já usei, mas é importante falar com o pediatra de sua confiança antes, pois algumas crianças têm reação alérgica, além de em algumas situações a pomada não ficar no local correto, que precisa ter o desconforto aliviado.

Coisas geladas ajudam no desconforto, e o mercado tem diversos mordedores em gel, que podemos colocar na geladeira ou freezer, e deixar para a criança morder depois. De qualquer forma, você vai conseguir identificar o que traz mais alívio para o seu filho. Não se preocupe em ter os mordedores mais revolucionários do mercado. Algumas crianças se apegam a um brinquedo específico, que nem mordedor é. Se não existirem partes que possam machucar a boquinha, fique tranquila. Deixar a criança encontrar alívio de sua maneira também pode ser legal.

Alimentos mais pastosos, mesmo que a criança já coma comida em pedacinhos, e na temperatura mais fria também ajudam. No verão faça picolés caseiros, se os ingredientes já fizerem parte do cardápio da criança. Normalmente os pequenos adoram!

Comidinhas que podem ser “roídas”, mais firmes e se servidas geladinhas também podem ajudar! Cenoura e pepino em palitinhos, por exemplo, são boas opções!

Fazer massagem com o dedo bem limpo ou envolto em uma gaze pode ser um bom alívio também. Só se prepare para levar algumas mordidas, caso o desconforto não seja decorrente dos primeiros dentinhos…rs.

Como terapias alternativas, existem os florais de Bach, que são super eficientes aqui em casa!

Tem também os colares de âmbar, muito usados atualmente. Eu nunca usei e não sei dizer sobre sua eficiência, mas sei que é importante pesquisar direitinho para ter certeza que está adquirindo o produto original. Caso contrário, será só um enfeite no pescoço, bracinho ou tornozelo da criança.

Por fim, tenha um odontopediatra de sua confiança, para te orientar e avaliar se os desconfortos são normais e parte do desenvolvimento.

Espero que as dicas ajudem!!!!

Beijos – Mari

 

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.