Coluna da RafaPsi: Sobre Crianças Ansiosas

“Ela é muito ansiosa”!

Imagem Google Imagens

Você que trabalha ou convive com crianças, quantas vezes já ouviu ou pensou nesse frase? Já não importa a idade,  frequentemente encontro pessoas se queixando da ansiedade dos filhos.

Mas se todo comportamento tem como fundo uma necessidade, o que podemos entender com esse quadro atual?

Quando pergunto aos cuidadores sobre exemplos de situações onde a criança é ansiosa vem o “x” da questão. Os adultos querem crianças robô!

Vou falar sobre a uma experiência que vivi no consultório. A mãe diz: “eu não posso falar que vamos fazer algo diferente que ela fica ansiosa,  perguntando o tempo todo. Daí resolvi não contar mais nada para ela…” Oi? O que????? Quem de nós, ADULTOS, não fica ansioso antes de uma festa,  viagem,  passeio ou até uma roupa nova?? Kkkk…. Por que estamos exigindo esse tipo de controle emocional dos pequenos? E como estamos explicando esse turbilhão de sentimentos que invade eles diante de uma novidade?

E realmente, não falar sobre o assunto vai resolver isso ou vai gerar mais ansiedade (afinal, pense comigo “se eu nunca sei quando pode acontecer,  logo fico sempre na espera” certo?).

Crianças precisam entender o que está acontecendo, mas isso inclui perguntas,  dúvidas e repetições,  muitas repetições. MUITAS perguntas. Simplesmente ignorar não é uma alternativa, tá mais para uma bola de neve incontrolável. Tente tornar isso algo divertido,  prazeroso para você e ele… Crie jogos. Use a criatividade. Só não vale querer um robozinho dentro de casa, ok?

Rafaela Weidmann – Psicóloga CRP 08/12462. Especialista em Saúde Mental / Especialista em Psicologia Corporal / Especialista em Terapia de Família e Casal.

Email de contato: rafananda84@gmail.com

Instagram: @rafanandapsi

Grupo do Facebook: Disciplina Positiva Londrina

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.