Hotel Salinas do Maragogi – Viajando com Crianças

No início do mês de Abril tiramos alguns dias de férias e passamos 7 noites no Hotel Salinas do Maragogi (https://www.salinas.com.br/pt/maragogi/) em Alagoas. Fomos eu, papai, Nina, Luli e os pais do Rodrigo. Uma viagem incrível, deliciosa, que valeu cada minuto que estivemos lá, um lugar perfeito para viajar em família e levar crianças.

São muitas dicas e informações que quero compartilhar com vocês, então vou dividir o conteúdo em três posts: 1) o de hoje, contando tudo sobre o hotel; 2) um somente sobre passeios; 3) e o último, mais resumido, falando sobre como chegar, o percurso e o serviço de transfer que utilizamos.

O hotel está listado entre os melhores resorts do mundo e é o mais bem avaliado para estadia de famílias do Brasil e da América do Sul, segundo informações do Trip Advisor (https://www.tripadvisor.com.br/) . Eu não duvidaria, pois realmente é incrível!

Além da disponibilidade de comida e bebida – incluindo alcoólicos – 24 horas por dia, por ser um resort all inclusive, um outro ponto que me chamou bastante atenção e que nos agradou muito é que é um local que, apesar de todo conforto que oferece, é familiar, não tem luxo, você se sente muito à vontade! Não tem ninguém para ficar te “lambendo” o tempo todo, como muitos hotéis por aí, mas a qualquer momento, há sempre alguém solícito para atender suas necessidades.

Um ponto negativo são os mosquitos, que aparecem em quantidades absurdas, principalmente no final da tarde. Eu e as crianças fomos devorados! Levamos muitas picadas, mesmo passando repelente todos os dias. Então, anote a dica e não se esqueça: leve repelente e pomada para picadas e coceira, certamente você irá precisar. Eu andava com esses dois itens o dia inteiro comigo. Percebia que os mosquitos estavam se aproximando e já “lavava” todo mundo de repelente. Alguma picada começava a coçar e incomodar muito as crianças, já passava a pomada.

Assim como a maioria dos grandes resorts e hotéis, crianças acompanhadas de dois adultos pagantes não pagam a diária. Para quem deseja, tem serviço de baby sitter contratado a parte. Graças a Deus não precisamos utilizar, mas há serviço de enfermaria.

O hotel também disponibiliza carrinhos de bebês. No nosso caso, que precisávamos do carrinho no aeroporto, levamos o nosso. Mas para quem não quer levar, lá tem.

Clubinho do Siri

A recreação das crianças de 4 a 12 anos é feita pela equipe do Clubinho do Siri. Achei SENSACIONAL! De todos os hotéis que já fui com a Nina e que ela participou da recreação, esse é disparado o melhor. As crianças são identificadas pela cor da pulseira e de um colete que usam o tempo todo. Assim as monitoras sabem os que estão liberados a sair do clubinho sem acompanhante e os que precisam ter os pais acionados.

O colete da Nina era laranja ou verde

Além disso, a programação é muito organizada e você sempre sabe onde seu filho está, diferente do que já vi em outros hotéis, que fiquei como barata tonta procurando onde as atividades estavam acontecendo, pois não coincidia com a programação descrita. Diariamente a programação do dia é disposta em diversos pontos estratégicos do hotel, e onde estiver informado que as crianças estarão, é de fato onde elas estão. Isso dá uma tranquilidade adicional!

Programação do dia em frente o Clubinho do Siri

As monitoras são muito atenciosas, carinhosas e cuidadosas com as crianças. Como eu precisava ficar acompanhando o Luli, vi bem de perto o trabalho delas e gostei muito. Foi a maior choradeira o dia da despedida…rs.

Nina e a equipe de recreação em nossa última noite 

Apesar de ter atividade o dia todo, o período da manhã é bem tranquilo, com castelinhos de areia diariamente em uma tenda coberta na praia, e depois com algumas atividades na piscina. Eu acho isso bom, porque as crianças não ficam naquela agitação absurda.

Tenda do Clubinho do Siri na praia. Com bastante sombra para as crianças brincarem

Depois do almoço, as atividades reiniciam às 14h15 no Clubinho do Siri, um espaço amplo e arejado, com propostas de artes manuais, brincadeiras diversas, lanchinho, e depois alguma brincadeira circulando pelo hotel ou na praia.

Área do Clubinho do Siri

Dia de massinha. Luleco participou

Show com personagens na praia. Em todos os shows as crianças podem tirar fotos no final

Achei muito bacana a hora do lanche, onde as monitoras incentivam as crianças a comerem primeiro a fruta, para depois servirem sanduíches, bolo e, sempre, no final a pipoca.

Salada de frutas antes do bolo e da pipoca no lanchinho

Luli nunca comeu tanta pipoca na vida dele como nesses dias…rs.

A noite tem show todos os dias, no próprio Clubinho ou no teatro, e são muito divertidos! A Nina, logo no segundo dia, ia todos os dias depois do almoço para o Clubinho e a pegávamos às 17h30. Logo ela passou a jantar com a recreação e depois a buscávamos novamente às 21h30, no final da atração noturna.

Eu desconhecia o amor do Luli por palhaços. Ele ficava doido!

Junto ao espaço do Clubinho há uma brinquedoteca coberta com muitas opções de brinquedos. O Luli amou e é onde ficávamos depois do almoço. Enquanto ele estava na brinquedoteca, eu acompanhava as atividades da Nina pelo vidro e, quando possível, levava o Luli para participar.

Ao lado do Clubinho do Siri também há um parquinho incrível! Patos andam soltos, mas tem que ter cuidado, porque eles saem correndo atrás das pessoas, especialmente crianças pequenas como o Luli…rs. Não conseguimos aproveitar muito, pois acabávamos tendo tempo para ir ao parquinho só após o lanche da tarde das crianças, por volta das 16h, e os mosquitos já estavam chegando com toda a força! Então acabávamos indo para a piscina até a hora da Nina voltar da recreação.

Piscinas

As piscinas são deliciosas e sempre há a área para as crianças, com baixa profundidade. A temperatura da água é sempre perfeita! Aliás, estávamos em um período, segundo os nativos, de frio, com temperaturas chegando a 25 – 27 graus durante a noite. No verão, os dias chegam à temperaturas de 40 graus! Eu não sei se suportaria, porque já estava muito quente!

Normalmente, de manhã, o pessoal fica nas piscinas da praia e, depois do almoço, entre o início e final da tarde, nas piscinas em frente ao restaurante e próximas ao Clubinho. Todas as piscinas têm espreguiçadeiras, mesas, cadeiras e guarda sol.

Piscinas da praia

Piscinas em frente ao restaurante

Quando fazemos o check-in recebemos um vale toalha por pessoa. Nas piscinas da praia é necessário trocar o vale por uma toalha e devolver a mesma para pegar o vale de volta. Já nas demais, as toalhas ficam disponíveis e podem ser deixadas na própria área da piscina. Eu levei toalha e roupão com capuz para as crianças. Não era necessário, mas acabou sendo mais cômodo por não ter que ir devolver depois.

Praia

A praia do hotel é deliciosa! Com muitas espreguiçadeiras, mesas, cadeiras, guarda sol, assim como as áreas das piscinas. Mas os melhores lugares são os com guarda sol de sapê, principalmente os que estão mais próximos à tenda do Clubinho do Siri. É onde tem mais sombra.

Como as crianças acordam cedo, após o café da manhã, alguém ia pegar um lugar para nós enquanto eu ia para o quarto preparar as crianças.

A areia da praia é fina e fofa, ótima para brincar (levem brinquedos de praia)! A água é calma, rasa, quente, sem ondas. O único problema são as algas que temos que passar por conta do rio, que corta o hotel e deságua no mar. E tem uma informação que me passaram e eu não sabia. Entre maio e julho tem muita água viva e não é adequado entrar no mar da praia da hotel.

E mais um ponto negativo é que no primeiro dia fomos abordados muitas vezes por vendedores ambulantes e pessoas locais querendo mostrar “sua arte”. Incomodou bastante. Não sei se algo aconteceu, mas depois não voltaram novamente.

Outras opções de lazer, esporte e beleza

Além das piscinas e do Clubinho do Siri, que foi o que mais utilizamos, o hotel também tem outras opções de lazer e esporte: academia, sauna, salão de jogos, arco e flecha, tiro ao alvo, quadras,SPA, salão de beleza, pilates, esportes náuticos, tirolesa, coqueirismo, stand up, bicicleta, etc.

Estrutura para deslocamento pelo resort

O hotel é todo acessível para carrinhos de bebê e cadeirantes. Dependendo do local que você estiver, anda-se muito para chegar até o outro ponto, então, vale a pena levar carrinho para crianças pequenas. A Nina aguentou bem as caminhadas e não fez falta, mas o Yuri andava um pouquinho e logo pedia colo.

Alimentação

A alimentação é um capítulo à parte. Por ser um resort all inclusive, você não tem tempo de sentir fome, pois tem comida e bebida o dia inteiro! É um exagero até, mas delicioso.

O restaurante principal é o Galés, onde são servidos o café da manhã, o almoço e o jantar. O restaurante conta com cadeirões e logo que entramos tem uma indicação da área reservada para famílias com crianças. São disponibilizados pratos e copos de melanina da Barbie e dos super heróis para as crianças, o que achei um cuidado simples e muito bacana!

Uma dica legal é que boa parte dos sucos servidos e disponíveis nas suqueiras não são naturais. Mas se quiser um suco natural feito na hora é só solicitar no balcão do restaurante.

O buffet kids é o básico: arroz, feijão, frango, carne, creme de legumes, macarrão, batata frita. Eu, particularmente, não gosto desses buffets kids de hotel, então normalmente optava pelo restaurante dos adultos mesmo e fazia um pratinho mais nutritivo para as crianças. Só senti falta de mais opções de legumes refogados, mas sempre era possível comer bem!

A comida não é extraordinária, mas é muito gostosa, além de ter bastante variedade (peixes, carne bovina, carne de porco, frango, massas, sopas, saladas, petiscos, pães)! As melhores opções são as de peixes e frutos do mar.

Um ponto que achei que deixou a desejar foram as frutas. Eu tinha a expectativa de encontrar uma variedade grande de frutas frescas, suculentas e saborosas…rs. Mas não, opções até tinha, mas não eram muito boas. Tinha dia que estavam bem aguadas, sem gosto, ou azedas.

O café da manhã é completo, com pães, bolos, biscoitos, cereais, laticínios, embutidos, tapioca feita na hora, omelete…

Para quem fica hospedado por mais de três noites têm a opção de um jantar à la carte, e por mais de cinco noites (nosso caso), dois jantares à la carte.

Desfrutamos dos dois jantares, no restaurante nordestino e no restaurante italiano. A comida era boa, mas não era incrível, e o menu para crianças era bem básico. Valeu a pena para mudar o ambiente, mas não necessariamente pelos pratos.

Eu me esqueci de tirar fotos do restaurante italiano, mas assim como o nordestino, é um ambiente muito agradável!

O Bar da Praia e o Restaurante italiano oferecem petiscos durante o dia, e o Bar da Piscina oferece um chá da tarde com muitas opções de doces e salgados diariamente. Em qualquer lugar há bebida à vontade, com muita água de coco fresca, que é deliciosa, muito docinha.

Ah, e tem também diversos sabores e marcas de sorvete e picolé o dia todo! As crianças amaram!

Acomodações

Ficamos na suíte família com vista para a praia. Era literalmente sair da varanda e estar na praia. A vista era linda, o quarto amplo, com dois ambientes, mas o banheiro era bem pequeno para o tamanho do quarto e os armários não têm gaveta. Não é um grande problema mas, para mim, dificulta a organização das malas durante a estadia. Além disso, no nosso quarto tinha SKY com bastante opção de desenho para as crianças. No quarto da minha sogra já não tinha, então é bom checar. Quando chegamos o berço e a banheira para o Yuri já estavam disponíveis no quarto e usamos ambos todos os dias.

Agora uma dica mega importante: não deixe as janelas e portas do quarto abertas! Certamente quando chegar o final do dia você terá companhia de muitos mosquitos! Nós, desavisados, passamos a tarde na varanda com a porta aberta. A noite foi uma carnificina de mosquitos sendo atacados com camisetas e toalhas…rs. O que fizemos para evitar esse problema foi, quando saíamos do quarto, levávamos somente um cartão para abrir a porta e deixávamos o outro conectado, para o ar condicionado não desligar. Aí foi tranquilo e somente uns mosquitos mais ousados apareceram.

Copa Baby

Em frente ao bloco 1 e na entrada do bloco 5 (onde ficamos hospedados) existe a Copa baby. Ela é bem simples, mas bem limpinha e equipada, com liquidificador, fogão, panelas, processador, talheres, leite, frutas, etc. Usei todos os dias, de manhã e a noite, para lavar os utensílios das crianças e preparar o leite.

Ufa! Acho que consegui abordar todos os pontos que considerei relevantes no hotel…rs. O post ficou giga heim! Mas é claro que se alguém tiver alguma dúvida ou quiser mais alguma informação, é só deixar nos comentários que respondo com o maior prazer!

Até amanhã pessoal! Beijos – Mari

Deixe seu comentário