Coluna da Neima – Cidade das Abelhas em Embu

No último sábado fomos conhecer a Cidade das Abelhas, um misto de parque ecológico e apiário que fica bem pertinho de São Paulo, na cidade de Embu (o endereço é Estrada da Ressaca, km 7).

cidadeabelhas12

Chegamos de manhã, por volta das 10h30 e ainda estava vazio. Além de nós, só havia outra família começando a visita. Logo na entrada deve-se adquirir os ingressos (R$ 25,00 por pessoa – criança a partir de 3 anos já paga o valor cheio) para poder passear pelo local. Para os meninos, que tem 1a8m e 3a7m, a atração principal foi o “parquinho temático” – um circuito de arvorismo com tobogãs, casinhas de madeira, trilhas com pneus, balanços. Ficamos por bastante tempo fazendo esse caminho. Até o Dudu conseguiu aproveitar bem essa parte, porque o funcionário responsável autorizou que entrássemos com ele (a atração é indicada até 10 ou 12 anos, com indicações ao longo do percurso).

cidadeabelhas11 cidadeabelhas9 cidadeabelhas7 cidadeabelhas6 cidadeabelhas5 cidadeabelhas3 cidadeabelhas1

Além desse parquinho, havia um labirinto, tanquinho de areia, uma abelha gigante, uma instalação que remetia a uma colmeia, trilha ecológica, museu apícola, apiário e observatório. Infelizmente nós só conhecemos a parte, digamos, animada da Cidade, rs. Os meninos ainda não têm paciência para acompanhar as exposições que são feitas, mas para crianças maiores acho super interessante.

cidadeabelhas13 cidadeabelhas2 cidadeabelhas4 cidadeabelhas10 cidadeabelhas8

As instalações são todas bem cuidadas e em ótimo estado de conservação e os funcionários muito simpáticos e atenciosos. Há lugar para parar o carro (gratuito), banheiros com trocador e uma lojinha, onde é possível adquirir mel (com ou sem favo) e outros produtos feitos a partir dele (inclusive cosméticos). Existe uma lanchonete, mas nós não entramos porque eu sempre carrego lanchinhos (já ouvi comentários que não existe muita coisa saudável por lá, então minha dica é carregar lancheira de casa). Infelizmente o lugar ainda não é acessível para cadeirantes e carrinhos. O acesso à maioria das atrações é feito por uma escadaria.

Por volta das 12h a Cidade começou a ficar mais cheia, e aí aproveitamos para ir almoçar no centrinho de Embu. A cidade é conhecida pela produção de vinhos artesanais e artesanato, além de uma feirinha bem diversificada. Paramos o carro num dos estacionamentos próximos a ela (R$ 10,00) e seguimos de carrinho. A feirinha fica numa parte mais elevada e a rua é de paralelepípedos, então é meio chato de empurrar o carrinho. Mas é bem melhor do que sair correndo atrás de uma criança a pé, rs.

No Centro Histórico há vários restaurantes (a maioria no estilo comida caseira/de boteco, com música ao vivo) e escolhemos um que já havíamos visitado anteriormente (“O Casarão do Embu”). Pedimos uma feijoada (super light :p), que veio bem servida, porém, dessa vez achei salgada demais. O atendimento foi solícito.

Depois do almoço demos uma volta na feirinha e voltamos para casa. É um passeio que recomendo!

Beijos – Neima

Deixe seu comentário

2 comentários

  1. CAROLINE comentou:

    Mari, tudo bem? Vi um outro post seu sobre a loja bearberry, que vende a marca de carrinho stokke (sua escolhida), mas vi no google que está permanentemente fechada, apesar do site estar ativo e permitir a compra online. você sabe se a compra online deles é confiável? eles não têm mais a loja física mesmo? vou para sp essa semana e gostaria muito de trazer o carrinho dessa marca… moro no rj!

    obrigada desde já!

    bjs,
    carol

    1. Carol, eu nunca comprei na loja online. Mas não tem um telefone de contato para vc ligar e ver se vai se sentir mais segura?