Categorias:Decoração  • Faça você Mesma  • Festas

Festa Turma da Mônica – Nina 4 anos. O Cardápio e a Recreação

•  por  •  postado em

Na semana passada eu mostrei os detalhes da decoração do aniversário da Nina, com o tema Turma da Mônica. Hoje vou falar sobre o cardápio e a recreação.

Assim como no aniversário do Luli, não contratei buffet, porém, dessa vez, as opções foram “menos elaboradas”.

Tivemos muitas crianças da faixa etária da Nina na festinha, então, eu pensei em opções não tão “trashs”, mas que as crianças gostassem, principalmente considerando que nessa idade (4 anos), a maioria das crianças já espera comer algumas coisas que não fazem parte dos seus hábitos alimentares diários. É como se uma festinha fosse uma libertação…kkkkk.

A festinha começou às 15h. Estavam presentes 40 adultos, 17 crianças, 02 bebês e as opções foram:

Uva sem semente em potinhos que comprei na Cepel: foram dois cachos e não sobrou nada. As crianças sempre adoram!

DecorNina5

Melancia no palito: comprei ¼ e também foi tudo.

DSC_0107

Maçã e banana: coloquei em uma cestinha e as crianças comeram no piquenique que fizeram durante a festa. Comprei 08 maçãs e 12 bananas. Não sei ao certo quanto sobrou, mas boa parte foi consumida.

DecorNina2

Achocolatado com rosquinhas: comprei o achocolatado pronto e foram 4 litros e meio pacote (daquele que é um saco) de rosquinhas de leite. Servimos em garrafinhas de vidro decoradas, como sempre faço.

DSC_0106

Batatas Pringles sabor natural: Servimos em saquinhos de papel. Foram 06 latas.

DSC_0138

Wrap de queijo: enrolamos o wrap com requeijão sabor cheddar, mussarela e orégano. Cortamos cada rolinho em quatro e colocamos um palitinho com tomatinho para segurar. Foram 04 pacotes de rap 10, 1 copo e meio de requeijão e 500 gramas de mussarela. Sobraram alguns e comi em casa depois de colocar no forno. Ficou sensacional! No dia servimos frio, mas nas próximas festinhas em casa, com certeza será uma opção, mas quentinhos, com a casquinha crocante e o queijo derretendo. Huuuuuum!

DSC_0139

Sanduíche com salsicha: fiz a salsicha no molho de tomate cortada em rodelinhas. Achei mais prático para servir e para comer, do que fazer hot dog. Foram 75 sanduíches e servimos em saquinhos de papel.

DSC_0142

Pipoca servida em caixinhas.

DSC_0143

Torta de Frango: a mesma do niver do Luli, assada em forminhas individuais. Foram duas receitas.

DSC_0150

Pão de queijo: foram 2 kg.

DSC_0175

Misto quente. Os mesmos que fizemos para o niver do Luli, mas para facilitar, ao invés de fazer no grill, assamos no forno. Foram 03 pacotes de pão sem casca.

DSC_0176

Macarrão ao molho sugo: já deixei o molho pronto, as meninas que me ajudaram no dia cozinharam o macarrão na hora, aqueceram o molho e serviram quentinho em copinhos térmicos. Foram dois pacotes de macarrão e não sobrou nada. Eu sempre gosto de servir uma opção que dê mais energia no final da festa, pois é perto da hora do jantar, e normalmente as pessoas gostam bastante.

DSC_0297

Fiz também 03 receitas de brigadeiro e 02 de beijinho. Não sobrou nadica!

DSC_0075

Tivemos também cupcakes de chocolate com doce de leite, mousse de morango e mousse de maracujá.

DSC_0084

O bolo foi de chocolate, com recheio de doce de leite e cobertura de brigadeiro.

Sobre a recreação, contratei a Fadas Madrinhas Kids. ADORAMOS! Para o número de crianças da festa, foram dois monitores. Veio um menino vestido de duende e uma menina vestida de fada. Dentro do salão eles montaram um mini espaço kids, com barraca, livros, jogos, opções para pintura e, principalmente os dois bebês, aproveitaram muito! Pena que acabei não tirando fotos dos detalhes da recreação :-(

DSC_0178 DSC_0183 DSC_0213

Logo que as crianças chegavam eles já faziam uma abordagem com uma pulseirinha colorida, e logo a criança entrava na brincadeira. Eles não têm um script definido. Vão brincando conforme o interesse e envolvimento do grupo. Foram propostas diversas atividades e as crianças ficaram entretidas a festa inteira! Teve pega pega, esconde esconde, corre cotia, balão cooperativo, tatuagem, piquenique, corrida do ovo… eu fiquei muito satisfeita com o carinho, atenção e cuidado que eles tiveram com as crianças.

DSC_0210 DSC_0223 DSC_0225  DSC_0227 DSC_0277 DSC_0280 DSC_0279 DSC_0278 DSC_0283 DSC_0306 DSC_0317 DSC_0318

Na hora do parabéns, eles organizaram todos, colocaram os chapeuzinhos e as crianças entraram enfileiradas para ir para a mesa com a Nina. Foi muito fofo aquele monte de mini gente chegando no salão. Depois do parabéns ainda propuseram outras atividades, organizaram as crianças para comer o bolo… enfim, muito bacana! É uma equipe muito bem preparada!

DSC_0343 DSC_0344

E agora, só no ano que vem de novo, quando provavelmente farei uma festa única para os dois. Vamos ver se o bichinho da festança não vai me picar e não mudo de ideia, fazendo duas festas seguidas de novo…rs.

Beijos – Mari

Categorias:Decoração  • Faça você Mesma  • Festas

Festa Turma da Mônica – Nina 4 Anos

•  por  •  postado em

Quando a Nina me falou que queria que sua festa de 4 anos fosse da Turma da Mônica, confesso que não fiquei muito empolgada. Apesar de adorar os personagens, não imaginava uma mesa no meu estilo de decoração, mais clean, com coisinhas home made, sem grandes exageros.

Mas ok, eu atenderia o desejo dela mesmo assim…rs. Aí, quando estava escolhendo as peças para decorar o niver do Luli, a Fabi, da Pop Mobile, me mandou umas imagens com referências de festas da Turma da Mônica. Pirei! Era uma proposta muito a minha cara, e aí mudei totalmente a visão sobre o tema, comecei a buscar inspirações do meu gosto, e o resultado vocês podem ver nesse post.

DSC_0109Quem fez o vestido da Ninali foi minha tia. Não ficou uma graça???

Apesar da mesa ter uma presença mais marcante, com diversos elementos, a execução foi super fácil e rápida! Foi basicamente a distribuição das peças e composição de alturas e elementos.

As cores escolhidas foram vermelho e amarelo, predominando na decoração como um todo, e verde e azul, complementando. O bom desse tema é que ele é muito colorido. Então, praticamente qualquer elemento colorido que você coloca é possível de coordenar.

Usei dois aparadores, dispostos um em frente ao outro, para fazer uma mesa com mais profundidade que a que fiz no aniversário do Luli. Fiz um varal com bandeirinhas de página de gibi para dar acabamento à mesa e prendi com fita dupla face, atrás da mesa, o painel com partes do rosto dos personagens, que comprei no Mercado Livre. Os balões das laterais da mesa são da Balão Cultura. No final da festa as crianças levaram todos para casa.

DSC_0088 DSC_0089 DSC_0090 DSC_0091

O bolo fake, feito de isopor e EVA, foi apoiado em uma boleira alta, com dois vasos com astromélias nas laterais, apoiados em duas caixas para ganharem altura. Na hora do parabéns coloquei o bolo que fiz na mesa. Ele era de chocolate com recheio de doce de leite e cobertura de brigadeiro.

DSC_0094 DSC_0083

As laterais da mesa foram um espelho uma da outra, com dois potes com biscoitos decorados da Bibbidi Biscoitos, que além de lindos, são deliciosos (a Shirley, que comanda a Bibbidi, me deu a dica de encher os potes com sal grosso, para dar altura e firmeza aos biscoitos, deu super certo!), dois porta retratos com fotos da Nina com os personagens, duas molduras usadas para apoiar alguns tubetes com confetes de chocolate, e dois pratos baixos com beijinhos e brigadeiros.

DSC_0099

DSC_0080

O restante da mesa preenchi com o “Mousse de Morango da Magali”, decorado com um topper e uma frutinha de crepom, compradas prontas, os “Cupcakes da Mônica”, vasinhos de flores identificando o que eram os docinhos, e os bonecos dos personagens, que não poderiam faltar em uma festa desse tema.

DSC_0075 DSC_0097 DSC_0079 DSC_0084

Na lateral direita da mesa, coloquei um barril de madeira com a estação do Cascão, com Mousse de Maracujá decorado com um topper e um guarda-chuva.

DecorNina6

Na frente da mesa dispus as garrafinhas de água em uma jardineira que já tinha em casa, o Cascão na lixeira, que também é minha, a Magali com um cachepô nessa lousa vermelha super fofa, e uma Mônica com balões pendurados na mão.

DecorNina8

Já na lateral esquerda, fiz a estação de comidinhas para as crianças terem livre acesso. Apoiei uma cesta com bananas e maças em um caixote de feira vermelho, que foi levado para o picnic que as crianças fizeram durante a festa. Na mesinha tinha balas 7Belo em cones de página de gibi, melancia no palito, alguns docinhos dispostos estrategicamente, para as crianças não atacarem a mesa (rs), achocolatado com rosquinha de leite e, nas cadeirinhas laterais, uvas, jujubas e mais docinhos. Tudo sempre com a companhia dos personagens.

DecorNina5 DecorNina3 DecorNina2 DecorNina1

Nesse cantinho também deixei um revisteiro com Gibis, que as crianças levaram como lembrancinha.

DecorNina4

A mesa dos convidados foi decorada de forma bem simples. Usei garrafinhas de leite de coco, encapei com páginas de gibi, fiz toppers com papel de scrap e adesivos comprados prontos e uma rosa.

DecorNina7

Os toppers dos docinhos e os tubetes comprei no Mercado Livre, e todas as peças que não tinha em casa, são da Pop Mobile. Eu acho muito difícil você imaginar algum tema e não encontrar peças para compor a decoração na Pop Mobile. É um lugar incrível! O acervo de peças é de deixar qualquer um louco!!!!!

A Nina ficou super feliz e eu adorei o resultado final!!!! Espero que tenham gostado também :-)

Já comentei no post do aniversário do Luli que vou decorar festinhas para pessoas próximas e seguidoras que curtem meu estilo. Quem quiser informações, é só enviar e-mail para blogmamiemais@gmail.com.

E para finalizar, algumas fotinhos da nossa família e da hora do parabéns, com a criançada reunida na mesa. Olhem essa Ninali com a Magali. Não aguento gente! Ela quis passar esse batom rosa enquanto se arrumava para a festa…rs.

DSC_0118 DSC_0132 DSC_0133 DSC_0131 DSC_0145 DSC_0359 DSC_0377

Vou falar sobre o cardápio e a recreação em um outro post ok?

Beijos! Mari

Categorias:A Rotina  • Maternidade

Cada um Cria Suas Memórias

•  por  •  postado em

Eu já comentei diversas vezes como é frequente eu receber perguntas e comentários relacionados ao fato de como gerencio minha rotina para dar conta de tudo. Já falei também que não dou conta de tudo e que isso é uma ilusão das redes sociais.

E apesar desse assunto já ter aparecido por aqui inúmeras vezes, vou falar sobre ele de novo.

Eu trabalho fora, meus filhos ficam em período integral na escolinha, tenho diarista duas ou três vezes na semana, faço aula com um personal trainer três vezes por semana, às seis da manhã, e meu marido faz no mesmo dia, às sete. Enquanto um está na aula, o outro está com as crianças. Uma vez por semana minha fisio vai em casa para fazer drenagem. Me revezo com meu marido nos cuidados com as crianças (levar e buscar na escola, dar banho, colocar para dormir, alimentar…). Cuido das refeições da minha família e tento, na medida do possível, manter as redes sociais e o blog atualizado.

Fato, minha rotina é puxada, é muita coisa para fazer, e muita gente pensa: nossa! Mas que disposição é essa?

Então, vou dizer que não é só questão de disposição, também é questão de ESCOLHAS, tem sentimento envolvido, tem muito AMOR envolvido. Tem decisões racionais envolvidas.

Eu chego cansada em casa todos os dias, e ir para a cozinha preparar um jantar é uma ESCOLHA minha. Existem pessoas que não podem nem pensar em uma rotina dessa que já piram de estresse. Eu já não me vejo, atualmente, tendo que gerenciar alguém em casa fazendo tudo para mim diariamente. Para mim, é mais prazeroso, apesar de cansativo, ter essas atividades após um dia inteiro de trabalho, do que ter alguém que faça por mim. Eu já vivi essa experiência, eu já tive alguém me ajudando diariamente, mas o processo foi desgastante e, por OPÇÃO, hoje não quero mais.

Quando posto pratinhos coloridos e nutritivos, uma banana da lancheira da Nina com um recadinho de amor, um bolo quente que saiu do forno, o iogurte caseiro que ficou na máquina durante a noite, recebo muitos comentários, além dos que chegam cheios de carinho e admiração, dizendo sobre um sentimento de “tristeza”, de não ser capaz de fazer algo do tipo. É uma admiração misturada com um sentimento de culpa sabem?

Então vamos lá. O objetivo das minhas redes sociais é postar coisas que acho bacana serem compartilhadas e UM POUCO da minha rotina e realidade. Digo “um pouco”, porque atrás de uma foto de um pratinho colorido, pode ter tido uma criança que fez birras homéricas e mal experimentou o que estava no prato. Por trás de uma foto de uma criança sorrindo e brincando, podem ter pilhas e pilhas de roupas acumuladas que não aparecem na imagem. Por trás de um rosto sorridente e maquiado, podem ter as pernas peludas, há semanas sem atenção (hahahahahahaha).

Mas também pode ter uma foto de um pratinho colorido que a criança limpou até o último grão de arroz, uma criança sorrindo com uma casa impecavelmente limpa por trás (que a diarista limpou… hehehehehe), um rosto sorridente e maquiado, pernas depiladas, cabelo escovado e unhas feitas. Por que não?

O que quero dizer é que não é 8 e nem 80. Não se enganem, porque independente de quem você seja e da vida que cada um leve, os conflitos e o cansaço existirão em qualquer lugar.

A disposição está totalmente relacionada ao que te dá prazer. No fim das contas, CADA UM CRIA AS SUAS MEMÓRIAS.

Eu não tenho disposição para fazer passeios semanais com meus filhos, também não tenho a disposição e a disponibilidade de sentar e brincar por horas (às vezes nem por minutos) do que eles escolherem, não estou sempre a fim de ler histórias infantis… provavelmente essas memórias virão mais dos momentos com o papai do que com a mamãe.

Por outro lado, tenho disposição para fazer uma comidinha fresca, assar um bolo caseiro, preparar uma lancheira com amor. Provavelmente as memórias que meus filhos terão mais marcantes serão essas… do cheiro do tempero refogando na panela, do bolo assando no forno, do recadinho na banana que vai na lancheira. Não que essas serão as únicas memórias, porque os passeios também existem, as brincadeiras também acontecem, mas talvez essas outras memórias serão as mais vivas.

Assim como os filhos daquela mãe que definitivamente não curte cozinhar e preparar pratinhos coloridos, terão lindas memórias dos finais de semana no parque, nas tardes na piscina, das peças de teatro que assistiu, das viagens que fez. E por que não daquele prato, que seja o único, que a mãe preparava em um dia especial?

E aquela mãe que curte a preguiça de um sofá e um edredom, de um filme em casa com pipoca? Está criando memórias também.

De novo, CADA UM CRIA AS SUAS MEMÓRIAS. Precisamos parar de fazer comparações e buscar inspirações do que nos traz prazer, do que podemos fazer com gosto. A maternidade, por si só, já é uma cobrança e uma pressão muito grande para ainda tentarmos ser igual alguém. Uma coisa é inspiração, outra coisa é a frustração de não chegar nos objetivos que traçamos.

Não tem como você ser a mãe que brinca, que passeia, que cozinha, que trabalha, que arruma a casa… o mundo atual, cheio de informações disponíveis por todo canto e a todo momento, nos dá a falsa impressão de que é possível fazer muito mais do que de fato é!

As grandes frustrações vêm de altas expectativas. Pensem nisso.

Precisamos de equilíbrio, precisamos entender os nossos limites e respeitá-los. É um exercício constante, inclusive para mim, que não dou conta de tudo…rs. A diferença é que procuro não criar expectativas de dar conta de tudo, então, dou conta do que considero mais importante. O tudo é expectativa frustrada.

Crie suas memórias, não importa quais serão. Só não esqueça do prazer e do amor :-)

Beijos – Mari